Imagem capa - Smash the cake. Quebrando alguns mitos! por LianaLemos

Smash the cake. Quebrando alguns mitos!

Nos últimos dias tivemos um debate interessante no meu grupo do Facebook Acompanhamento de Bebês e Newborn. Uma colega perguntou quem fazia seus próprios bolos do ensaio “Smash the cake” e eu acenei que sim, eu fazia. Algumas fotógrafas se posicionaram no sentido de que a mãe deveria levar o bolo, pois caso houvesse alguma reação alérgica no bebê, estas não seriam responsabilizadas. 

Respeito o posicionamento, mas tenho que divergir. 

Diante do debate, escrevo este artigo explicando como funciona a minha sessão de cake smash e quais são os meus motivos para fornecer o bolo. 


A sessão de cake smash acontece normalmente por volta dos 11 meses do bebê. O ensaio representa a comemoração do primeiro ano de vida da criança e seu primeiro contato com o doce. Eu busco registrar cada detalhe dessa nova descoberta!


O tema do smash é acordado previamente com a mãe e a partir daí inicia-se o processo criativo do fotógrafo, bem como do cake designer, uma vez que o cenário precisa estar perfeitamente integrado com o bolo. 




Sabemos que no primeiro ano de vida da criança acontece a introdução alimentar. Esta introdução é lenta e gradual e em muitos casos, o bebê ainda não teve contato com certos alimentos como o ovo, um dos ingredientes frequentes nos bolos. Algumas crianças apresentam restrições alimentares, alergias ou intolerâncias. Muitos são alérgicos à trigo, corante, ovo, leite, etc. Por este motivo, o bolo deve ser feito respeitando a restrição de cada bebê. O bolo necessariamente deve ser um bolo seguro. 


Diferente do que se pensa, é muito raro a criança comer o bolo na sessão de smash. O que acontece em 90% dos casos é o contato do bebê com o bolo. No máximo a criança leva a cobertura à boca, provando. Normalmente o bebê só mexe, bate, destrói. Entretanto, em caso de alergias, basta o contato físico para alergia se manifestar.

Pensando na segurança do meus bebês, eu opto por fornecer os bolos nas minhas sessões. Primeiro porque sei que será um bolo seguro, que respeitará as restrições do meu mini cliente; segundo porque será um bolo perfeitamente integrado ao meu cenário, garantindo um resultado final perfeito. 


Algum fotógrafos vão falar…

  • A mãe que tem que levar o bolo! Não quero ser responsável, caso aconteça algo com a criança!!! 

Eu vou rebater!

   -  Eu jamais deixarei acontecer alguma coisa com um bebê em meu estúdio! Pouco me importa “tirar o risco das minhas costas”. Eu quero assumir a responsabilidade e garantir que tudo aconteça de forma segura e responsável!


Pensado em tudo isso, construí uma parceria sólida com o @atelierrafanemer, cake designer responsável pelos meus bolos de smash. A Rafaela Nemer é nutricionista especializada em alergia alimentar. 

Sempre que fecho um contrato de smash, questiono sobre alergias, intolerâncias e introdução alimentar. Caso o bebê possua alguma restrição, ou ainda não tenha tido contato com algum alimento (ex. Ovo), eu passo as informações para a Rafa, que produz um bolo com ingredientes específicos para aquele bebê. Assim sendo, se o bebê for alérgico a leite, por exemplo, é feito um bolo de laranja. Caso o bebê seja alérgico a ovo, é feito um bolo vegano e por aí vai. 


O sucesso de nossa parceria foi tão grande, que fomos convidadas pela Photos TV para ministrar um Curso de Cake Smash. Hoje disponível neste link AQUI

Infelizmente a Rafa Nemer se mudou para Campinas e para manter a segurança de meus bolos, fiz um curso de Cake Smash com ela, onde aprendi todas as receitas para bebês com restrições, assim como aprendi a decorar meus bolos. 

Hoje não consigo mais preparar meus próprios bolos, pois a agenda não permite. Hoje faço os bolos com a Vanessa da @mdcupcake. 


Minha forma de proceder não mudou e caso eu precise de um bolo com restrição, ela faz da mesma forma. 

A lista de ingredientes pode ser encaminhada para o pediatra do bebê e o ensaio só é realizado com a autorização do mesmo. 

Desta forma eu garanto que todos os meus bebês tenham contato somente com um bolo seguro.  Meus bebês em primeiro lugar, sempre!